domingo, 8 de agosto de 2010

"Eu Receberia... part 2"

Hoje é domingo. só rodaremos à noite, uma madrugada longa pela frente nos espera. Hoje é Dia dos Pais então, pela primeira vez na vida dei importância ao dia, saudades dos meus filhos, falei com eles e caí destruído. e é meio destruídaço que escrevo agora, vão desculpando. ainda hà pouco, no café da manhã, encontrei Akira Goto (diretor de arte) e Lula Araújo (diretor de fotografia) que comentavam a mesma coisa. todos estão com saudades de casa, dos filhos. todos estavam com o coração entristecidos, o Lula falou que chorou logo cedo ao falar com os filhos, "Nem sabia que eu tinha tanta água dentro de mim", falou entre risos e choro ao lembrar da cena que tinha feito no quarto.
Mas assim como todos estão com saudades de casa, todos também estão eufóricos pelo filme q ue estamos fazendo. cada plano é comemorado com entusiasmo. porque também cada plano é estudado nos mínimos detalhes, o Beto não gosta de refletores, bandeiras, essas parafernálias que a gente vê em set, ele gosta da luz natural, opta pela poesia, faz cinema com o coração, com o corpo, entregue. Vê o Beto e Renas no comando do filme é um presente. os caras são sutis, ao falarem com os atores, com a equipe. tudo é partilhado com todos, os caras fazem questão de ir até o maquinista que esta no caminhão e reafirma que o "filma ta ficando lindo. e tem o toque de cada um nele".
Ontem, ao final de um dia rodando sequencias maravilhosas fomos a uma boate, a turma se esbaldou. Cisco Vasques, o maquiador de efeitos e também making of, pegou a guitarra e fez um showzaço de blues com os caras daqui de santarém, depois a Camila Pitanga e Luciana Batista (assistente de direção) ficaram com a direção da pista de dança e assumiram como Djs. foi maravilhoso.
No dia de ontem rodamos as sequencias em que Lavínia se entrega a Cauby. foi um puta plano sequencia. Os dois faziam amor pela primeira vez e piraram dentro da casa, a sequencia começava na cama, como os dois trepando e seguia pela casa toda até o quintal, num banho de mangueira delicioso. aí Decião (Paulo Marrat) aparecia por sobre o muro para brechar, e rolava uma discussão. 5min e 15s de plano, que tal? du caralho. ensaiamos muito para poder rodar.
Um adendo para os atores de Belém, Paulo Marrat mandou muito bem, leve na cena improvisou tranquilo com os atores (essa é a orientação do Beto: Jogo. ninguem nem pega o roteiro no set, os atores jogam o tempo todo e quando está bom fechamos a cena). Nos dia 5 e 6 Paulão estava aqui para rodar as cenas do Chang, um pedófilo dono de um foto onde Cauby encontra Lavínia. foi bacana a cena também. de Belém ainda virá Paulo Santana, para encarnar o Delegado, contraceno bastante com ele, pois juntos o meu personagem (Polozzi, investigador) vamos atras de saber quem matou o Pastor (Zecarlos Machado), marido de Lavínia.
Hoje a noit o Gero Camilo estreia no set, ele faz um jornalista bisbilhoteiro que é o primeiro a saber que Cauby está comendo a Lavínia. o personagem do Gero é maravilhoso, é um dandi que vive por essas bandas, um cara culto com muita leitura, que está escrevendo o livro da sua vida, que de acordo com Beto Brant é "viagem a Andara", do Viente Cecim. o Beto pirou no livro.
Aliás esse é o primeiro personagem que eu vejo o Gero fazer no cinema que respeita realmente quem é o Gero. o Cara é um multitalentoso, poeta, compositor, dramaturgo. o cara é uma sapiencia. acabou de gravar um disco lindo (levo cópias para belém) e conversar com o Gero é se alimentar de informações das mais várias. já era fã dele, imagina agora.
bom por hj é só
bora ver se amanha consigo postar mais
alias hoje a noite chega a santarém a D. Onete que vai fazer um show pra gente no meio da praça. numa sequencia maluca que eu tive que produzir junto com meus assistentes 300 figurantes, vai ser na quarta feira. to em pânico. hahahah.
devo levá-la para alter do chão amanhã para os ensaios com um grupo que a gente formou aqui.
vou nessa. beijos a todos.

Nenhum comentário: